29 de novembro de 2014

Porque Supernatural é tão importante pra mim?


Alguém me explica, como uma série de gênero terror consegue ter drama, aventura, ação e comédia ao mesmo tempo? Como pode uma série de uma emissora tão pequena dos EUA chegar a 200 episódios? Como pode uma série vendida como terror teen, ter fãs de todas as idades? Como pode uma série te fazer rir e chorar no mesmo episódio? É simples: Supernatural é diferente. Supernatural, pra mim, e para todos os fãs como eu, não é só uma série. E para os atores também não. Eles não atuam só porque aquilo é trabalho, e sim porque eles amam. E como disse o Jensen, é como uma casamento entre eles e os fãs: Eles nos inspiram e nós inspiramos eles a continuarem com a série. E é isso que faz Supernatural uma série única.

E o 200° episódio não foi apenas um episódio, assim como o próprio roteirista disse, o 200° episódio foi uma carta de amor aos fãs. Uma carta linda! Cada detalhe do episódio foi importante, cada detalhe ao longo do episódio nos fez lembrar a estrada dos garotos ao longo desses 10 anos.

Como não amar Sam e Dean? Quem não lembra do Episódio "Pilot" em que os irmãos Winchesters aparecem pela primeira vez? E quando o Dean mata Azazel, mas percebemos que a história deles estava apenas começando? Como não se emocionar quando Jhon dá sua própria alma para salvar a vida do filho? Ou quando Dean vende a alma para salvar Sam, e 1 ano depois, Sam tem que segurar o corpo morto do irmão? E quando Dean chama "Sammy" lá do inferno? Quem não se decepcionou quando descobrimos que Sam estava mesmo bebendo sangue do demônio? E quem não quis matar Ruby ao perceber que ela estava mesmo mentindo? Quem não ficou com muita raiva do Dick quando ele atirou na cabeça do Bobby e quem não chorou ao ver que a última memória do Bobby era o Sam e o Dean? Quem não chorou no episódio de natal, o "último natal" do Dean antes dele ir pro inferno? E a primeira vez que o Castiel aparece na série? Quem não riu quando o Castiel quis ser um caçador também? Quem não se arrepiou quando a Morte fez sua entrada triunfal na quinta temporada? Quem não riu horrores quando Sam perdeu os sapatos e quando Dean se achou o batman? Quem não guarda no coração a frase "Saving people, hunting things, the family business"? Quem não quis pegar o Dean no colo quando ele diz em meio as lágrimas a Mary jovem, para ela não sair da cama no dia 02 de novembro de 1982? Quem não tem vontade, bem lá no fundo do coração, de ver o Jhon de novo em algum episódio? Quem não se emociona ao ver o sofrimento, a dor quase física dos garotos a simples menção da mãe?

São tantos momentos, que se eu fosse escrever todos, não caberia em um post só. 
Eu queria saber como ser imune a esses irmãos, como não amar Sam e Dean, se alguém sabe, por favor me diga por que até agora não descobri.
Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo